Mamíferos

    A floresta do Instituto Butantan era parte da Mata Atlântica, e as espécies que encontramos hoje aqui, embora menos numerosas do que as que existem na Floresta Atlântica preservada, são um pequeno conjunto das espécies que viviam aqui antigamente.
Vista aérea Instituto Butantan

Vista aérea Instituto Butantan

    O trabalho dos pesquisadores que estudam a fauna do parque tem como um dos principais objetivos conhecer quais espécies vivem aqui, e onde elas vivem, para que seja possível acompanhar mudanças nestas populações de animais e de plantas, e assegurar que possam continuar presentes nessa ilha de vegetação no meio da cidade.
     Os mamíferos são animais muito diversos e sempre despertaram o interesse das pessoas. Além de carismáticos, eles realizam importantes papéis para o crescimento e saúde das florestas, como a dispersão de semente e o controle de populações de insetos.
Serelepe (Sciurus aestuans) – Imagem: Luciano Lima

Serelepe (Sciurus aestuans) – Imagem: Luciano Lima

Cuíca-de-quatro-olhos-cinzenta (Philander frenatus) – Imagem: Luciano Lima

Cuíca-de-quatro-olhos-cinzenta (Philander frenatus) – Imagem: Luciano Lima

 

     Todas estas atividades que envolvem a captura, manuseio, marcação e soltura de animais silvestres receberam licença do SISBio e da CEUA, sendo feitas com cuidado de maneira a perturbá-los o mínimo possível. Os resultados serão muito importantes para que as pessoas que visitam o parque saibam quais animais vivem aqui, e também para que possamos cuidar dessa importante área verde de forma a manter sua diversidade.