#vempassarinharSP Caetetus
     O #vempassarinharSP do último sábado, dia 19 de novembro, foi também a comemoração dos 40 anos da Estação Ecológica Caetetus em Gália/Lupércio em SP.
     Podemos afirmar que o evento foi um sucesso, recebendo cerca de 70 pessoas, incluindo grupos de alunos de Biologia e Engenharia Florestal, alguns amigos birders como Martha Argel, Natália Allenspach, Bruno Arantes Bueno, Rita, Fabio Olmos, Pedro Develey, Lis Leão, Lorena, entre muitos outros novos e antigos amigos recebidos com carinho e atenção pela equipe da EE Caetetus, tendo à frente o gestor, Nelson Gallo.
     O evento contou ainda com a presença de vários pesquisadores do Instituto Florestal e da Unesp Bauru. Estiverem presentes birdwatchers e interessados de cerca de 20 munícipios da região, dentre eles: Marília, Garça, Duartina, Jafa, Lupércio, Bauru, Alvinlândia, Mineiros do Tietê, Jaú, além de São Paulo, Campinas, Bragança Paulista. Destacamos ainda a presença de vários proprietários rurais da região.
     O #vempassarinhaSP é uma realização do Instituto Butantan, SAVE Brasil e do Sistema Ambiental Paulista, tendo como principal objetivo desenvolver a observação de aves como ferramenta fundamental na educação, ciência-cidadã e estímulo à conservação. Na continuidade do projeto serão agendados novos eventos em Parques Estaduais.
     Vale lembrar que a parceria com o Sistema Ambiental Paulista teve início há mais de um ano, durante o processo iniciado por Claudia Komezu e outros observadores de aves ao defender o direito à fotografia nas Unidades de Conservação. Tem, por outro lado, a inspiração no incrível trabalho do INEA, conduzido por Luana Bianquini e equipe, com o #vempassarinharRJ, e o pioneiro trabalho do ornitólogo e pesquisador da PUC-RJ Henrique Rajão, que há muitos anos conduz o tradicional passeio mensal para observação de aves no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
     Enfim, vemos a observação de aves atingir um novo patamar de mobilização e conscientização entre seus praticantes, gerando informação e conhecimento fundamental para a conservação. Além é claro de oferecer horas agradáveis com pessoas incríveis.
     A lista de aves registradas pelos grupos nos dois dias chegou a 150 espécies, com destaque para a juriti-vermelha, pariri, pacurau-ocelado, gavião-gato, gavião-preto, urubu-rei entre outros.
     Confira a Lista de aves observadas aqui.

Deixe um comentário